Paraná, Brasil

A Logística no E-commerce

Na última semana, o empresariado de modo geral voltou seus olhares para um ponto crucial dentro do processo estratégico, que é a operação logística.

Ocorre que, o aumento de preços de alguns produtos dos Correios, empresa que detém mais de 50% do Market Share, causa um certo abalo aos lojistas e movimenta todos para uma pressão contra estas medidas de aumento.

No entanto quero ressaltar o conceito nato do que vem a ser a LOGÍSTICA, e assim pensarmos como podemos nos posicionar de maneira a colher os frutos deste cenário.

Entendendo a Logística.

Podemos pensar em logística como uma parte da administração, responsável por prover recursos e informações para a execução de todas as atividades operacionais da organização. O que envolve desde a escolha do fornecedor até a posterior entrega de seu produto aos clientes.

Desta forma conseguimos visualizar que a Logística está relacionada com todos os departamentos, e por isso existe uma grande preocupação com os resultados que ela pode gerar.

Alguns Fatores Para pensar em Logística

1ºAumento de Produtividade

2ºPadronização de Produtos

3ºRedução de Custos

4ºSatisfação dos Clientes

5ºLucratividade

O Grande desafio da logística atualmente é unificar estes fatores de maneira a produzir um diferencial competitivo que gere satisfação ao cliente ao mesmo tempo que eleva a lucratividade da companhia.

Então aqui vai alguns elementos que podem ajudar a pensar na sua logística em 360graus.

Em sua busca por FORNECEDORES avalie sempre, sua capacidade de produção ou
distribuição, os preços e os prazos de entrega.

Fique atento com sua ARMAZENAGEM, cada modelo de negócio tem uma forma de armazenar os produtos. Algumas empresas mantêm seus itens junto aos fornecedores, ao receber o pedido, ele é encaminhado à uma empresa parceira, que envia diretamente ao cliente final.

O controle das vendas e postagens é de grande importância, por isso a PLATAFORMA DE E-COMMERCE ou ERP escolhido, deve permitir a interação com cliente, mantendo-o informado sobre seu pedido ao mesmo tempo que lhe confere o controle adequado de estoque.

Em se tratando do envio dos produtos, ou seja, a TRANSPORTADORA, no Brasil sempre utilizamos os Correios para fracionados de pequeno volume principalmente, devido a sua rede de atendimento alcançar quase que na totalidade dos municípios nacionais, outros parceiros até então não se cogitavam, somente em casos de volumes maiores, porém em decorrência do grande volume de erros na entrega, devoluções, locais em que não se entrega, devido a zona de risco, concorrentes do setor estão sendo fortalecidos.

Estrategicamente, pensar em rede de afiliados, FedEx + TNT Log., entrega por moto boy entre outros, com todo esse cenário, somos obrigados a desenvolver uma dinâmica nova para o setor.

Sabemos que a estrutura de distribuição em nosso país deixa a desejar e tem muito o que evoluir, no entanto não podemos sucumbir a isso, o jeito é:

#Pensar estrategicamente

#Planejar estrategicamente

#Agir imediatamente

Por: Marcelo Bueno – Especialista em Negócios Digitais, Consultor Empresarial, Professor de Estratégias Empresariais, Gestão e Finanças, Empreendedor, Empresário.

Related Posts

Leave a comment

EnglishPortugueseSpanish