Paraná, Brasil

E-commerce deve faturar R$ 53,5 bilhões em 2018

E-commerce deve faturar R$ 53,5 bilhões em 2018 R$ (dados fornecidos pela Associação Brasileira de Comércio Eletrônico, ABComm)

Projeção de alta de 12% do relatório Webshoppers, da Ebit, leva em conta o aumento de volume de pedidos e do tíquete médio

O Brasil é o maior país com lojas online da América Latina, ranking classificado pelo BigData Corp.

Mais de 600 mil lojas online compõem o nosso comércio eletrônico!

Diversificação de produtos, aumento de receita com melhoria de margens de lucro e crescimento de vendas em mercados de nicho permearam o ano de 2017 do ambiente virtual brasileiro. Porém, mesmo em um cenário de consolidação, o segmento enfrentou desafios operacionais como a perda de qualidade no serviço de entrega e pós-venda e o alto custo de gestão.

Em 2017, mais de 55 milhões de consumidores fizeram pelo menos uma compra virtual, um aumento de 15% em comparação com 2016.

“Esse número deverá continuar crescendo, estimulado pela expansão das compras via smartphones”, diz André Dias, diretor-executivo da Ebit.

Além disso, as mulheres realizaram 1,4 milhão de pedidos a mais que homens; a idade média de compradores brasileiros esteve um ano abaixo em relação com o ano retrasado, ficando em 42 anos, devido à entrada de consumidores mais novos; a renda média dos shoppers cresceu 27,5% em comparação com 2016; e as regiões Sul (16,1%) e Nordeste (10,9%) ganharam participação nas vendas do comércio eletrônico.

E queremos saber, o seu e-commerce está pronto?

 

 

Related Posts

Leave a comment

EnglishPortugueseSpanish